Portugal, Território Sustentável – mais choupos e menos eucaliptos
Feijó Álvaro Feijó Álvaro

Portugal, Território Sustentável – mais choupos e menos eucaliptos
Por Feijó Álvaro

A economia da floresta singe-se ao eucalipto por motivos conhecidos, e da agricultura pouco valor acrescentado. Ora, a Independência de um País começa na agricultura, na mesa… Se continuarmos a plantar eucaliptos e a manter a indústria que os compra, quando acordarmos para o problema de ter alimentos perto, não vamos ter terras produtivas, pois como é sabido, o eucalipto cresce muito rápido porque gasta todos os nutrientes da terra e a sua Água…Se as celuloses, que são de capital maioritariamente estrangeiro, fossem obrigadas a comprar choupos, os quais produzem mais papel por tonelada, os agricultores florestais produziriam menos choupos, mais caros, mas com mais rentabilidade na indústria que compra eucaliptos, equilibrando assim os dois sectores e preservando a Terra e a Água do nosso Portugal, porque tudo indica que ainda vamos precisar muito dela. O eucalipto é originário da Austrália, o choupo da Europa. Numa floresta de eucaliptos, só vive um animal, o kuala. Numa de choupos, existe toda uma biodiversidade.

23 Abril, 2018

8 Apoiantes

Causas Semelhantes