Mais segurança para ciclistas
Miguel Fernandes Miguel Fernandes

Mais segurança para ciclistas
Por Miguel Fernandes

Hoje em dia, ter um carro é uma grande vantagem e é muito útil, mas tem os seus custos e prejuízos.Para começar, quem é que não se sente inseguro na via pública quer seja a andar a pé ou de bicicleta?Se ocorrer um acidente entre um destes elementos da via pública mais vulneráveis com um carro, quem sai praticamente sempre ileso é o condutor do carro e a pessoa que está a andar ou a pedalar pode no pior dos casos perder a vida. Então seria justo dar melhores condições aos elementos mais vulneráveis, que nem seja informar as pessoas para estarem mais alertas aos perigos na estrada.Na minha opinião, portugal no que toca às zonas mais urbanizadas (exemplo: Lisboa e Porto) devia investir em melhores condições das vias públicas para facilitar a circulação de bicicletas e talvez no futuro haver mais pessoas a preferir andar de bicicleta. Se analisarmos andar de bicicleta tem os seus beneficios para a cidade: menos poluição do ar, menos poluição sonora, em caso de acidentes os estragos são muito reduzidos comparado com os estragos que um carro pode provocar; e tem também os seus beneficios para o condutor: exercício físico, maior exposição à luz solar (o que é benéfico no inverno porque assimila mais vitamina D), perde menos tempo a “estacionar” (o que nas grandes cidades é um problema por falta de espaços de estacionamento para os carros), e em geral a pessoa sente-se melhor emocionalmente. Mas enquanto houver o estigma de andar de carro vamos continuar a ter mais acidentes e poluição em todo o país. Melhor seria deixar o carro para viagens entre cidades e as bicicletas para quem só vai circular dentro da mesma cidade.E isto não é apenas uma questão de segurança é mais uma questão de salvaguardar o futuro.

26 Março, 2018

7 Apoiantes

Causas Semelhantes